Secretaria da Saúde do Ceará lança plataforma de dados
Qua, 29 de Julho de 2020 15:53

alt

A inovação e a transparência são premissas da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa). Na era dos dados, a tecnologia tem sido um dos principais investimentos. A compreensão do cenário atual, o planejamento de políticas públicas mais efetivas, bem como a produção de pesquisa e conhecimento, ganham reforço com o lançamento da plataforma de dados da Sesa, o IntegraSUS Analytics.

Com a ferramenta, pesquisadores, profissionais e estudantes de ciência de dados ou de tecnologia da informação poderão ter acesso ao cenário atual da saúde no Estado. Tudo por meio dos códigos e modelos utilizados na construção do IntegraSUS. A plataforma oferece datasets (conjunto de dados) sobre diferentes áreas da saúde para aprendizado e treinamento.

“O IntegraSUS Analytics dispõe, de forma aberta, os códigos e modelos utilizados no IntegraSUS. Será possível que um profissional ou estudante faça suas próprias análises, replique para seu Estado ou para outras situações que achar interessante”, explica Ramsés Oliveira, coordenador de Tecnologia da Informação e Comunicação (Cotic) da Sesa.

alt

Ramsés Oliveira, gestor da Coordenadoria de Tecnologia da Informação e Comunicação (Cotic) da Sesa.

O estudo dos dados, de forma mais minuciosa, permite ainda novas análises, visões e estratégias. A plataforma busca também criar uma rede colaborativa. “Além de poder fazer downloads dos estudos, replicar e adequar para outros espaços, o IntegraSUS Analytics permite que o pesquisador ou estudante altere o código fonte, crie novos estudos e, caso perceba alguma variável não vista pela equipe da Sesa, reporte através do fórum de discussão, auxiliando assim na melhoria da qualidade dos dados”, comenta Ramsés. Uma equipe especializada irá atender as demandas do fórum de discussão.

O engenheiro civil e pós-graduando em ciência de dados, Flávio Cardoso Gomes, 62, criou um estudo sobre dengue, tendo como base algoritmos de  utilizados na plataforma. “Não conhecia o modelo apresentado, mas vi que era possível adaptar para outro tipo de patologia, já que os tipos de curvas da dengue e covid-19 são parecidos. A minha análise, que faz um prognóstico da dengue na capital, Maracanaú e Sobral, já está sendo discutida com a equipe da Cotic da Sesa”, conta.

Prognóstico

A ciência de dados agrega valor às organizações. A investigação e monitoramento das informações podem resolver problemas reais e fortalecer as ações da Sesa. “A análise dos dados dará suporte aos gestores e profissionais de saúde no planejamento de estratégias e ações. O IntegraSUS Analytics, além de descrever a realidade, faz prognósticos e pode contribuir para um melhor planejamento”, complementa Ramsés.

 

 

Assessoria de Comunicação do HSM
Repórter: Milena Fernandes

3101-4348

 

Calendário

Setembro 2020
D 2a 3a 4a 5a 6a S
30 31 1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 1 2 3