Pacientes recebem atendimento online no HSM
Ter, 02 de Junho de 2020 09:11

alt

Devido à pandemia de coronavírus, o Hospital de Saúde Mental Professor Frota Pinto (HSM), da rede pública da Secretaria da Saúde do Ceará, do Governo do Estado, suspendeu a maioria dos atendimentos presenciais nos ambulatórios da unidade. Para continuar acompanhando os pacientes, a equipe da residência em Psiquiatria passou a utilizar a telemedicina, serviço inovador que tem alcançado bons resultados.

Implantada em abril, a telemedicina possibilitou o atendimento de pacientes de ambulatórios gerais e específicos do HSM. Nayana Holanda, psiquiatra da unidade, explica que pessoas com transtornos mentais precisam de um suporte constante e as chances de surgirem crises maiores neste período são grandes, pois os fatores estressantes estão bem acentuados.

“Com o atendimento online, evita-se a necessidade de ida à emergência, diminui a possibilidade de internação, pois inibe-se o surto, a crise. Estamos conseguindo manter os pacientes compensados de suas patologias, incentivando-os a permanecer em casa, mantendo o isolamento social”, ressalta Nayana.

O Ambulatório de Transtornos de Atenção e Impulsividade (ATAI), inaugurado recentemente, já está atendendo de forma online. Ao todo, os profissionais acompanham dez pacientes, que, em sua maioria, são adultos e apresentam Transtorno de Déficit de Atenção (TDAH).

A estudante de Nutrição Lyz Damasceno (19) foi uma das primeiras pacientes do ambulatório. Diagnosticada com TDAH há quatro anos, a jovem diz que a telemedicina trouxe muitos benefícios. “Foi uma ótima opção para que as pessoas não saiam de casa. A consulta online, feita por especialistas, me deixou segura e me proporcionou um ótimo esclarecimento em relação ao TDAH”, elogia.

De acordo com o psiquiatra e preceptor da residência em Psiquiatria do HSM, Alexandre Sampaio, as evidências científicas mostram que, com a pandemia, as pessoas têm ficado mais ansiosas e os atendimentos virtuais aos pacientes com necessidades psicológicas e psiquiátricas tornam-se cada vez mais necessários, principalmente neste momento em que se deve evitar um agravamento das doenças.

“Observamos que muitos aspectos ficaram acentuados em nossos pacientes, como o medo de adoecer, de contaminar pessoas próximas, dificuldade financeira, distanciamento do mercado de trabalho, o luto de perder parentes e até mesmo o próprio isolamento social. Tudo isso causa um grande impacto psicológico e psiquiátrico”, frisa Sampaio.

Apesar das diferenças em relação ao atendimento presencial, o especialista avalia que a telemedicina, ao aliar conhecimento e inovação, traz resultados positivos. “Eles ficam mais à vontade para falar, pois estão na casa deles, no ambiente deles. Conseguimos também conversar com alguns familiares e entender melhor sua realidade, conhecendo o local onde vivem”, observa o psiquiatra.

Em paralelo aos atendimentos virtuais, pacientes com necessidades mais graves e sem condições de responder virtualmente, que já vinham sendo acompanhados, continuam sendo atendidos presencialmente, com todos os cuidados necessários.

A Telemedicina do HSM também está sendo positiva no desenvolvimento do ensino realizado no HSM, pois os residentes acompanhados pelos preceptores estão realizando os atendimentos e colocando em prática o que já aprenderam na teoria. Dessa forma, os ambulatórios do HSM atenderam mais de dois mil pacientes durante o período de isolamento social.

Agendamento

Para agendar um atendimento online nos ambulatórios psiquiátricos do HSM, é necessário que o paciente tenha sido avaliado por algum médico e receba o devido encaminhamento. Basta apresentar foto do RG, comprovante de endereço e encaminhamento profissional. Mais informações pelo telefone da residência Psiquiátrica do HSM: (85) 9 8888-8200.

 

Assessoria de Comunicação do HSM
Repórter: Milena Fernandes

3101-4348

 

Calendário

Setembro 2020
D 2a 3a 4a 5a 6a S
30 31 1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 1 2 3