Saiba como preservar a saúde mental de crianças e adolescentes durante pandemia
Ter, 28 de Abril de 2020 12:13

 

alt

O distanciamento social mudou profundamente o dia a dia de toda a população. Durante a quarentena, as famílias precisaram adaptar a rotina para conciliar o trabalho com a atenção dada aos filhos, por exemplo. Por passar muito tempo em casa, crianças e adolescentes podem ter a saúde mental impactada, apresentando sinais de estresse, raiva e ansiedade. Por isso, o apoio dos pais é fundamental.

De acordo com psicóloga Marleide Oliveira, do Hospital de Saúde Mental Professor Frota Pinto (HSM), do Governo do Ceará, os pais podem ajudar os filhos a entender e a gerenciar a situação, mantendo uma conversa aberta e tranquila. É fundamental usar uma linguagem clara e precisa para facilitar a compreensão. “Diga só o que eles precisam saber, pois isso ajuda a diminuir o estresse”, enfatiza Marleide, que atua no Núcleo de Atenção à Infância e Adolescência do HSM.

Para evitar a ansiedade, o desânimo e a irritabilidade relacionados à mudança na rotina, a psicóloga recomenda algumas atitudes que podem ser adotadas diariamente pelos pais. “É importante criar uma rotina juntos, organizando horários para dormir, acordar, alimentar-se, ler, pintar, brincar e realizar as atividades enviadas pela escola ou para as revisões dos estudos, pois a rotina traz segurança e ajuda a reduzir a ansiedade”, explica.

Outra recomendação importante é aproveitar esse tempo maior dentro de casa para dividir as atividades domésticas, que são ótimas ferramentas para construir a autonomia, o respeito e até mesmo o despertar da consciência social das crianças e dos adolescentes.

A psicóloga também orienta que as brincadeiras devem fazer parte do dia a dia para estimular a criatividade. “Utilize materiais que facilmente estão à mão, como tesoura, fita crepe, cola, papel, pratinhos, copinhos de papel, pregadores de roupa, canetinhas, caixas de fósforo e rolos de papel higiênico. Com esses materiais simples, convide seus filhos para colocarem a mão na massa e, juntos, façam bonecos, brinquedos, máscaras, entre outros acessórios voltados para a construção de momentos lúdicos em família”, pontua.

Além das atividades artesanais, os jogos de tabuleiro, quebra-cabeça, massinhas de modelar, jogos de adivinhação e caça ao tesouro também são ótimas opções para as brincadeiras em família. “Dessa maneira, é possível utilizar o período da quarentena para fortalecer os laços entre os familiares, já que o brincar ajuda no desenvolvimento social, emocional e cognitivo das crianças, finaliza Marleide.

 

Assessoria de Comunicação do HSM
Repórter: Milena Fernandes

3101-4348

 

 

Calendário

Setembro 2020
D 2a 3a 4a 5a 6a S
30 31 1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 1 2 3